NOTA DE PESAR

A presidente da CRE do Senado, senadora Kátia Abreu, lamenta a morte do embaixador Paulo Tarso de Flecha Lima

NOTA DE PESAR
POLÍTICA 0 Comentário(s) 13/07/2021

A presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado, senadora Kátia Abreu (PP-TO), lamenta o falecimento do embaixador Paulo Tarso de Flecha Lima. Confira a nota na íntegra:

 

                                   Nota de pesar pela morte de Paulo Tarso Flecha de Lima

    A diplomacia brasileira perdeu hoje um de seus expoentes, o embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima, aos 88 anos. Diplomata de carreira, o embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima teve atuação marcante e inovadora como Secretário-Geral das Relações Exteriores, durante o período da redemocratização do país, e esteve à frente das Embaixadas do Brasil em Londres, Washington e Roma. Durante seus 46 anos de dedicação à diplomacia e ao Brasil, impulsionou uma nova era nas relações comerciais do Brasil com o mundo, voltada para a defesa genuína dos interesses do País. Fortaleceu o Departamento de Promoção Comercial do Ministério das Relações Exteriores de maneira a ampliar o comércio exterior brasileiro, abrindo novas frentes e oportunidades na África e no Oriente Médio, e promovendo produtos e serviços brasileiros até mesmo em economias fechadas, como a do Iraque.

     Em 1990, por ocasião da Primeira Guerra do Golfo, desincumbiu-se com brilhantismo e coragem da missão que lhe fora delegada de negociar a libertação de 450 trabalhadores brasileiros mantidos reféns como escudos pelo regime de Saddam Hussein. Protagonista do mundo diplomático brasileiro e integrante destacado de uma linhagem de homens de ação que marcaram o Itamaraty, exerceu forte liderança e arrebanhou aliados, no setor público e no privado, sempre tendo em vista a contribuição que a projeção internacional do país poderia dar ao desenvolvimento nacional. Personalidade cativante, de estilo direto, pragmático, mas firme em suas posições, o Embaixador Paulo Tarso soube, como poucos, colocar seu talento a serviço da promoção dos interesses nacionais.

     O legado do embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima como visionário do seu tempo e negociador hábil, que logrou aproximar-se e angariar a confiança dos mais ilustres interlocutores e contrapartes, permanecerá vivo como exemplo e inspiração para as gerações presentes e futuras de diplomatas. Quero expressar, em nome da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, os mais sentidos pêsames à família do embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima e à Casa de Rio Branco, que hoje se entristece com a perda de um de seus mais brilhantes diplomatas.

 

Senadora Kátia Abreu Presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal


Participações Recentes


Participe do Meu Mandato

Meu Instagram

Twitter