Aprovada proposta de Kátia Abreu que destina até 30% das vagas do alistamento militar para mulheres

Projeto foi aprovado por unanimidade na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Proposta agora segue para Comissão de Relações Exteriores.

Aprovada proposta de Kátia Abreu que destina até 30% das vagas do alistamento militar para mulheres
ECONOMIA 0 Comentário(s) 10/03/2020

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (10), por unanimidade, proposta da senadora Kátia Abreu que destina até 30% das vagas do alistamento militar para mulheres. Atualmente o alistamento é previsto somente para homens, de forma obrigatória. O projeto aprovado na comissão prevê que mulheres possam optar pelo serviço militar. Caso o número de candidatas seja menor que 30%, as vagas serão ocupadas por homens.

O projeto, de autoria da ex-senadora Vanessa Grazziotin, havia sido retirado da pauta da comissão na semana passada após pedido de vistas do relator da matéria, senador Esperidião Amin (Progressistas-SC). O parlamentar de Santa Catarina questionava se a destinação de até 30% das vagas para as mulheres representaria aumento de gastos para os cofres públicos.

“Não haverá despesa, colegas. Nós não vamos construir alojamento novo; nós não vamos construir banheiro novo; nós só vamos dividir e separar o alojamento em que ficam as mulheres do alojamento em que ficam os homens. Qual é o problema?”, questionou a senadora Kátia Abreu.

A senadora do Tocantins argumentou ainda que em nenhum momento a proposta previa a criação de novas vagas, mas sim separar 30% das já existentes para as mulheres que optem pelo alistamento militar. Ao fim da discussão, Amin acatou a emenda de Kátia Abreu e o projeto foi aprovado por todos os senadores presentes.

A emenda apresentada pela senadora Kátia Abreu teve apoio dos senadores Confúcio Moura (MDB-RO), Daniela Ribeiro (Progressistas-PB) e Carlos Viana (PSD-MG).

“A emenda apresentada pela senadora Kátia Abreu é mais ‘um degrau’ na luta contra o machismo que impera nas Forças Armadas. Acho que a emenda é mais que oportuna”, defendeu Moura.

Foto: Beto Barata/Agência Senado


Participações Recentes


Participe do Meu Mandato

Meu Instagram

Twitter