Aprovado relatório da senadora Kátia que cria Política de Incentivo à Agricultura de Precisão

Projeto foi aprovado por unanimidade nesta quarta-feira. Agora será apreciado na Comissão de Agricultura em caráter terminativo

Aprovado relatório da senadora Kátia que cria Política de Incentivo à Agricultura de Precisão
AGRONEGÓCIO 0 Comentário(s) 22/06/2022

A Comissão de Meio Ambiente do Senado (CMA) aprovou nesta quarta-feira (22) relatório da senadora Kátia (Progressistas-TO) que institui a Política Nacional de Incentivo à Agricultura e Pecuária de Precisão. O projeto define Agricultura de Precisão e estabelece diretrizes e instrumentos para a efetivação da futura Política.

Durante a defesa do relatório, aprovado por unanimidade na comissão, a senadora Kátia lembrou que a agricultura de precisão é a saída para o aumento de produção na mesma área já utilizada, além de aumentar a eficiência na aplicação de insumos. A prática reduz os custos de quem produz e garante maior sustentabilidade ambiental, social e econômica.

“A agricultura de precisão, com suas máquinas, vem demonstrar ao produtor a área em que está faltando mais adubo, a área em que está faltando água ou em que está tendo excesso de água, onde a planta está tendo ataques de pragas e ervas daninhas. Então, é uma leitura extraordinária e muito clara da saúde da planta durante o seu plantio e durante o seu crescimento. Ao invés de eu usar 2 mil quilos de adubo, a agricultura de precisão vai me dizer: ‘aqui não precisa. Nesta área, nós só vamos precisar de mil quilos’. O meio ambiente agradece, bem como o bolso do produtor, e o consumidor vai ter um alimento possivelmente mais barato”, explica Kátia.

O PL 149/2019, de autoria do deputado Heitor Schuch (PSB-RS), agora será apreciado em caráter terminativo na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). Caso aprovado, segue para sanção presidencial.


Participações Recentes


Participe do Meu Mandato

Meu Instagram

Twitter