Agropecuária

Kátia Abreu foi a primeira mulher a presidir a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com dois mandatos consecutivos, de onde se licenciou em 2015 para exercer o cargo de Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo também, a primeira mulher a chefiar a pasta no país.

Agropecuária

Kátia Abreu foi a primeira mulher a presidir a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com dois mandatos consecutivos, de onde se licenciou em 2015 para exercer o cargo de Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo também, a primeira mulher a chefiar a pasta no país.

Ministério da Agricultura
Durante sua gestão no Ministério da Agricultura, realizou um sério e competente trabalho de defesa agropecuária. Derrubou barreiras sanitárias e fitossanitárias e promoveu a abertura de diversos mercados internacionais aos produtos agropecuários brasileiros. Acabou com todos os embargos à carne bovina e conquistou espaços estratégicos para exportar mais lácteos, aves e suínos.

Código Florestal
Parlamentar atuante, Kátia Abreu desempenhou forte liderança pela aprovação da Lei do novo Código Florestal Brasileiro cujo projeto foi aprovado no Congresso Nacional em 2012, atualizando uma legislação de décadas de atraso no país. Considerada inédita no mundo, a lei estabeleceu parâmetros para as áreas de preservação e normas para as áreas de produção.

Agricultura no Tocantins
A senadora Kátia Abreu já destinou R$ 127,9 milhões para investimento na agricultura tocantinense, como compra de tratores, realização de feiras agropecuárias, cursos de assistência técnica, construção de estradas vicinais, parques de exposição e pequenas agroindústrias. Apenas em cursos profissionalizantes na área rural, destinou R$ 50,2 milhões para atender a mas de 33 mil alunos tocantinenses.

Meu Instagram

Twitter